Tô com medo – Regina Duarte

Não consigo entender como um “cerumano” se denuncia de forma tão lamentável. É verdade que assintoticamente, ambos os partidos rumam para o utópico encontro. Não escondo minha decepção com o projeto petista. Mas no confronto direto com o país tucano, desnecessário é dizer que o posicionamento ligeiramente à esquerda é imprescindível no dia 31.

Da reflexão histórica que se faz destas eleições, não devemos esquecer a tradicional campanha de baixarias tão cara ao PSDB, como a que Regininha emprestou, abaixo, ao movimento:

Anúncios
Esse post foi publicado em Política, Reflexões e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s